Economista, Terapeuta Comportamental, Instrutor MASTER MIND, especialista em Marketing, Escritor e Conferencista

Os atores do pleito II – A missão

Napoleon Hill, eminente pensador norte americano, que deixou uma obra memorável e criou o MASTER MIND, em sua lei do êxito nos ensina, se estiver errado, reconheça rápido e enfaticamente.
Tem uma máxima filosófica que diz que se não houvesse o atrito não teria sido inventada a roda. Por isso o fato de meu artigo ter causado tanta polêmica me agradou, pois suscitou um debate sobre a cidade que queremos no futuro. Afinal ,nossa cidade não é uma herança de nossos pais e sim um empréstimo de nossos filhos. Como devolveremos esse empréstimo, com dividendos positivos ou não ????
Recebi vários Emails e telefonemas .
Como não sou historiador, sou um pensador, às vezes falo o que ouço e reproduzo. Os fatos que falei na semana passada , quando confrontados com a história precisam ser ajustados.
O Ex prefeito Gilberto Meirinho ligou e enviou um E- mail com informações sobre aquele momento da história da cidade .
Sobre eles algumas considerações :
• Cachaça não serve pra abrir avenidas, se a cachaça tivesse essa virtude, alguns homens públicos de Balneário Camboriú seriam os maiores urbanistas do mundo.
• Para que as informações sejam exatas, ou se aproximarem disso, as marginais da BR 101, foram traçadas e desapropriadas pelo órgão Federal, então DNER hoje DENIT.
• O erro mais grave foi não citar o verdadeiro autor da idéia de numerar as ruas, o jornalista Norberto Silveira Jr, que foi chefe de gabinete do prefeito Meirinho e em uma viagem a Nova Yorque, se interessou pelo sistema viário daquela cidade e implantou em Balneário Camboriú.
• Que as 3º, 4º, 5º avenidas, abertas por ele, tinham seus canteiros com 3 metros de largura para que fossem abertas galerias de águas pluviais . Foi aprovado em seu governo e levado até a fase de financiamento. Fato esse que seus sucessores não se interessaram em implantar , talvez para não dar crédito a alguém que quisesse voltar aos palcos.
O Álvaro Silva, homem articulado, boa praça e que foi prefeito de Balneário Camboriú, também ligou pra o Marzinho para corrigir alguns fatos , o que demonstra cuidado para com a história. Como diz o Caetano Veloso, “quando a gente ama é claro que a gente cuida”.
Feedback
Peter Drucker, o pai da administração contemporânea, diz que o feedback é o café da manhã dos campeões. Saber receber um retorno e assimilar é indicador de maturidade. Algumas pessoas só têm maturidade para serem elogiados, quando vem um retorno que não é positivo ficam alterados assemelhando se ao Rei em que o mensageiro chega do campo de batalha e diz : “Estamos perdendo a guerra”, ele tira a espada e degola o mensageiro ao invés de tomar providencias para reverter o quadro. Quando se é confrontado com um erro não quer dizer que é algo pessoal. É apenas uma rota que precisa ser corrigida.
Obrigado as pessoas que me permitem corrigir a rota.
E você ?
Como você reage quando alguém te dá um retorno negativo ?

45 comentários para “Os atores do pleito II – A missão”

  1. Jim disse:

Lloyd disse:

cory disse:

kelly disse:

Troy disse:

William disse:

jessie disse:

ted disse:

allen disse:

otis disse:

craig disse:

roberto disse:

Jackie disse:

Allan disse:

Cecil disse:

victor disse:

sam disse:

casey disse:

derrick disse:

ramon disse:

virgil disse:

Lyle disse:

erik disse:

Leo disse:

jaime disse:

Shane disse:

ronnie disse:

Christopher disse:

raymond disse:

Steve disse:

billy disse:

tom disse:

Nick disse:

Marion disse:

dan disse:

Seth disse:

warren disse:

oliver disse:

Randall disse:

raymond disse:

Matt disse:

Jim disse:

henry disse:

Desenvolvimento de sites | desenvolvimento de sites | www.signativa.com.br