Economista, Terapeuta Comportamental, Instrutor MASTER MIND, especialista em Marketing, Escritor e Conferencista

Fogueira de vaidades

Eu estava em Londres, e claro, fomos a vários museus. Conhecer a história de um povo é fundamental para saber como eles funcionam. Enquanto passávamos pelas galerias e víamos aquelas pessoas nos quadros, eu com minhas indagações contumazes pensava na história pessoal de cada uma. Quantas ilusões, quantos desafios enfrentaram, quantas brigas desnecessárias e quanta vaidade sem consistências eles tiveram? Quanto orgulho pessoal. E principalmente, vi lá muitos nobres, Reis e Rainhas, Fidalgos e Plebeus, que a semelhança do xadrez, no final do jogo, peão, rei e rainha, vão para a mesma caixa.
O berço e o túmulo
Tem uma máxima filosófica que diz: A vida é tão efêmera, que o berço e o ataúde de uma pessoa podem ser feitos da madeira de uma mesma árvore. É uma advertência sobre a nossa insensatez em querer sermos mais que os outros, em tentarmos nos sobrepujarmos as outras pessoas e ficarmos com a cabeça inchada de vaidade. E como na última frase do filme o Advogado do diabo, o personagem vira para a câmera e fica só com o rosto e diz: A vaidade é o pecado que o diabo mais gosta.
Porque será?
Porque será que o diabo gosta tanto da vaidade? Porque lúcifer caiu do céu pela vaidade. De forma que ele conhece a melhor maneira de derrubar alguém. Quando uma pessoa é super correta e alguém quer que ele caia, costuma se dizer: Pegue ele pela vaidade. Em política é ferramenta corriqueira. Aliás, Poder político não é coisa para criança pequena. Ela em si não é suja, aliás, é nobre. A Bíblia está recheada de grandes políticos, como Por exemplo, Davi, Salomão, José, Daniel e tantos outros. Mas não é território para inexperientes.
Com relação à vaidade
Lembra – se da admoestação de Jesus “Orai e vigiai”. Admoestar quer dizer trazer a lembrança. Quando começares a inchar a cabeça de vaidade, pensando que és imbatível, que já está pronto, que sabes tudo, lembre se do ditado: “Pensar que é sabido é o primeiro passo em direção a burrice”. Lembre se que és pó e a pó voltarás!
Nas coisas mínimas que se refletem as máximas
Porque estou falando tudo isso? Porque dia desses em uma conversa sobre humildade a pessoa começou a defender a tese de que era uma pessoa humilde e daqui a pouco “lascou”: Eu tenho orgulho da minha humildade! É uma declaração paradoxal, afinal, ou se é humilde ou se é orgulhoso. Humildade vem de húmus – raiz – base, adubo. A humildade é a raiz que nos faz grande.
Um bom teste
Quando pensares que já estás pronto, que não tem mais nada para melhorar tem um bom teste para se fazer: Tente caminhar sobre as águas. Se afundar, lembre se, ainda tem algumas coisas a serem melhoradas.

41 comentários para “Fogueira de vaidades”

  1. Oscar disse:

william disse:

Milton disse:

Franklin disse:

derrick disse:

Dave disse:

trevor disse:

Herman disse:

rene disse:

russell disse:

Roger disse:

Pedro disse:

frank disse:

Tyler disse:

Eddie disse:

jim disse:

Greg disse:

Edward disse:

Max disse:

ross disse:

jaime disse:

ronnie disse:

Ken disse:

gabriel disse:

Matthew disse:

ian disse:

Sean disse:

Tyrone disse:

Barry disse:

Scott disse:

alexander disse:

gene disse:

Matt disse:

neil disse:

Daryl disse:

Francisco disse:

kurt disse:

clyde disse:

Zachary disse:

Desenvolvimento de sites | desenvolvimento de sites | www.signativa.com.br