Economista, Terapeuta Comportamental, Instrutor MASTER MIND, especialista em Marketing, Escritor e Conferencista

A altura dos prédios

Os arquitetos dizem que uma cidade deve oferecer aos seus habitantes o que de mais importante é para a convivência : Lugares de troca , como ruas, praças, calçadões, etc.
Nós temos a praia. Mas ela é fonte de renda .
Mas é preciso que os habitantes sintam – se em segurança , o que lhe traz paz e conforto. A falta de segurança tolhe a liberdade do ser humano . Isso acaba influenciando na arquitetura. Já vi anuncio de prédio vendendo segurança ao invés de conforto . Surge uma nova realidade, o arquiteto precisa desenvolver projetos particulares, que supram essa necessidade. Os espaços passam a ser privados – eis a origem dos shoppings centers , praças particulares. Isso mostra que o medo acaba construindo as cidades, pois nota – se esse traço por “de trás da obra” . Hoje vemos casas que são como prisões, quase jaulas. Parece que os ladrões ficam soltos e nós é que ficamos presos em nossas casas. O sentimento influenciando a urbe.
Os modernistas diziam que as cidades do futuro deveriam ser de fácil acesso, custos compartilhados, onde tudo fosse perto do cidadão. Neste aspecto Balneário Camboriú atendeu com maestria este requisitos. Ela é conhecida pela sua verticalidade e por ser uma cidade mágica onde tudo é perto. Claro que todo bônus tem um ônus, são os dois lados de uma mesma moeda. Ganhamos em beleza e modernidade e perdemos em qualidade. Não dá pra ter o céu sem morrer !
A arquitetura é a oratória do poder
A arquitetura é a oratória do poder. Sempre a construção mais bonita de uma cidade é do homem mais poderoso. Economicamente falando. No passado eram as igrejas. Hoje são os Bancos. Mas Balneário Camboriú é diferente. A concentração de riquezas por metro quadrado é muito alto. Aqui se concentra o maior PIB do sul do Brasil. Como mostrar imponência??? Adivinhou quem falou altura !

A história

Lembro do discurso do Sr. Haroldo Schultz quando inaugurou o Ed. Imperatriz . “Agora eu vou fazer um prédio de 60 andares” ! Com aquele sotaque característico dele, que meia BC da década de 80 sabia imitar. Lembrando que a imitação é forma mais profunda de admiração. Logo depois o poder foi para a mão dele através do poder político. Acalmou ! Não estou lançando candidaturas para acalmar não… rss… Estou mostrando que o poder se manifesta de várias formas e a arquitetura é um das formas mais visíveis. Costuma se dizer que o erro do médico a terra esconde, do arquiteto, a terra joga pra cima pra todo mundo ver.

Por uma nova Balneário Camboriú

Lembro da campanha de 1988 quando o grupo político do Auri Pavoni tinha esse slogan de campanha. Por uma nova BC. 20 anos depois, ao chegar nas esferas de decisões, esse homem público consegue colocar em prática um pouco do que se sonhava já naquela época recém formado e idealista . Se não está reinventado a roda, pelo menos está questionando a maneira dela rodar . Vendo daqui de longe, (Estou em Manaus novamente) penso ser válido este questionamento público , pois se não houvesse o atrito não tínhamos inventado a……..Roda !

38 comentários para “A altura dos prédios”

  1. alvin disse:

jessie disse:

Francis disse:

Jonathan disse:

Todd disse:

howard disse:

Oscar disse:

jesse disse:

andrew disse:

floyd disse:

Wayne disse:

Jorge disse:

john disse:

Ernest disse:

Jaime disse:

Richard disse:

Matt disse:

fred disse:

aaron disse:

michael disse:

sam disse:

Lonnie disse:

joseph disse:

Allan disse:

Leonard disse:

harvey disse:

Gregory disse:

Don disse:

Raul disse:

mitchell disse:

Allen disse:

Angelo disse:

Shaun disse:

Raul disse:

ross disse:

Armando disse:

Desenvolvimento de sites | desenvolvimento de sites | www.signativa.com.br