Economista, Terapeuta Comportamental, Instrutor MASTER MIND, especialista em Marketing, Escritor e Conferencista

As placas tectônicas da política

Em política diz se que a elite escolhe e o povo referenda. A elite partidária das lideranças. Costuma se dizer que a eleição ocorre um ano antes das urnas, ou seja, a eleição de 7 de outubro de 2012 acontecerá em 03 de outubro de 2011. Por quê? Porque é quando termina o prazo para mudança de partido. Depois disso é ir atrás de voto. Da referenda do povo.
Placas tectônicas
Caso alguém não saiba, são aquelas placas subterrâneas que quando se movimentam causam terremotos. Raul Seixas dizia que ele via o planeta como um cachorro: “quando são demais as pulgas se livra delas num sacolejo”. Um terremoto é na verdade um grande rearranjo. Na natureza é o terremoto que rearranja, em política são os bastidores. Bastidores é aquilo que acontece e o público não vê. O DEM e o PT se unindo é um movimento tectônico. É um grande rearranjo partidário no país. Mas é isso que está acontecendo em São Paulo com a ida do Kassab para o PMDB. Perguntei a um cacique político do interior de SP porque este movimento do Kassab e ele me respondeu: É um jeito de se aproximar do PT. É! ! ! As coisas se rearranjaram mesmo!
O Papel do político.
É espalhar confiança no mercado. A crise americana de 2008 foi uma crise de confiança. Em política expectativa gera fatos. Se o mercado confia nos comandantes, investem nas cidades, estados e países. O Brasil é à flor do baile, todo mundo quer dançar com ela. Mas já foi a menina feia, ninguém queria compromisso . Como isso aconteceu ? O Brasil mudou ? Mudou a confiança que se passou a ter com relação às regras. E regras são o que governam o mundo. Por quê ? Porque regra é um método de atuação. E método é o que permite que pessoas comuns façam algo que antes era realizado por mentes brilhantes. Regra sistematiza , passo a passo, aquilo que um indivíduo muito hábil aprendeu a superar a limitação do passado.
Estadistas
O verdadeiro estadista é sempre o que vê antes. Portanto, é a versão política do profeta no âmbito das religiões. Mas precisa saber como dizer isso para as pessoas, pois caso contrário, será mal interpretado. Infeliz é o homem que nasceu antes do seu tempo já dizia o filósofo. FHC e Lula fizeram um papel de gente grande no governo. Lula vai para a África desenvolver a agricultura familiar lá. Pelo menos esse é o projeto inicial. Se colocar em prática essa intenção entra pra história com H maiúsculo.

Empreendedor público e privado.
Por isso a importância de escolher bons empreendedores públicos. Existe o empreendedor estatal ? Existe sim, mas parece serem poucos. Empreendedor é a metade do empresário. O empreendedor começa e o administrador consolida. O empreendedor inventa , o empresário inova.Inovação é a invenção que o mercado aceita. O rei do mercado é o consumidor. A inovação é vitoriosa quando é aceita pelo mercado.Não adianta nada inventar algo que não existe mas ninguém quer. Quem seleciona o empreendedor privado é o mercado, que seleciona o empreendedor estatal é a urna. E a urna é um ventre que pari mais por emoção do que por razão.
E você ?
Como vens observando os movimentos políticos tectônicos da sua região ?

Tem anjos voando nesse lugar

Dia 31 de outubro de 2010, eu e meu amigo Walter Kaltenbach descemos as 7:00 hs da noite na estação de Metrô Turnham Green, num bairro de classe média de Londres, capital da Inglaterra. Qual foi nossa surpresa ao nos depararmos com uma multidão de pessoas vestidas de bruxas, mais crianças do que adultos, batendo de porta em porta, abóboras com velas dentro colocadas sobre os muros das casas e em pequenos prédios, uma grande algazarra. Era noite de Haloween, ou dia das bruxas das como é conhecido aqui. Esta festa veio para o Brasil através das escolas de inglês. No interior de São Paulo é muito forte, tem visibilidade muito grande. Sempre atribuí a isso uma subserviência desnecessária por parte de nós, copiarmos culturas de outros países sem ter um porque consistente. Claro que a cultura germânica, italiana, polonesa ou japonesa, por exemplo, é pelo grande contigente de imigrantes que vieram para cá ajudar a construir o país, é um caso diferente. Pois tem a força dos valores, das verdades profundas de um povo que veio auxiliar outro povo a construir uma nação e não quer perder se de si mesmo.
Na Inglaterra
Não sei nos EUA, porque só vi pela TV, mas na Inglaterra eu vi pessoalmente. Essa tradição tem quase a força , como se fosse para nós, da festa de São João. Essa analogia é para que o leitor avalie a força para eles. Mas isso é para eles, para nós, sem ser muito pesado nas palavras: É uma macaquice. Quero que meus filhos aprendam outra língua, pois aprender outra língua é ganhar uma vida a mais nessa existência, não apenas capacitar se, mas não quero que eles imitem valores alheios. Pois isso é superficial e quem torna se superficial, viaja para fora de si mesmo e acaba perdendo se no caminho, a exemplo de Édipo no caminho de Tebas que gritava desesperado: Quem sou eu?
Anjos caminhando
Quero voltar ao início do dia 31, pois eu cheguei a Londres dia 30, no sábado. Entramos no Metrô, na mesma estação as 10: 00 hs e tivemos um impacto ao nos depararmos com centenas de pessoas vestidas de anjos, todos de branco com asas e muitos distribuindo flores. Minha angústia criativa de pesquisador me impediu de ficar sem perguntar e acabei encontrando alguém que falava espanhol. Miguel, um mexicano que trabalha na embaixada mexicana. Ele explicou que o movimento era para contrapor esse conceito da noite das bruxas. O movimento era para espalhar o amor, pois “o que sai do coração toca o coração”. Eles iriam se encontrar as 3:00 hs da tarde em uma praça, pois havia “muitos anjos” segundo ele em todos os metrôs de Londres. Lembrando que Londres tem 17 linhas de metrô com mais de 300 estações. Ou seja, a cidade é uma teia de aranha de linhas férreas subterrâneas.
Quem organiza?
Meu senso organizacional prático me fez bombardear ele com perguntas a ponto de constranger meu amigo Walter. Quem organiza isso, perguntei? Ele disse que começou com grupos de meditação que resolveram contrapor este conceito de energias negativas e espalharam um manifesto pelos Metrôs da cidade. A notícia espalhou se como um rastilho de pólvora. A adesão, segundo ele, foi desde igrejas até grupos de amigos. Igrejas Evangélicas, Católicas e Anglicanas, pois anjos são plenamente aceito por todas essas igrejas Cristãs e a Bíblia é recheada de experiências de anjos na terra com muita riqueza de detalhes. Abraçaram a idéia com convicção. E precisa convicção, pois cá pra nós, vestir se de anjo e andar pelos Metrôs da cidade não é tarefa das mais fáceis.
E você?
Quais valores que você cultiva que realmente são seus e quais são “emprestados”? E quais você é capaz de defender com convicção ?

Eu acho é pouco!

Eu estava em Brasília, na segunda feira após a invasão do morro do alemão no Rio de Janeiro. Enquanto saíamos do aeroporto em direção ao avião, fomos de ônibus e acabei ouvindo a conversa de três pessoas, onde um dizia que foi uma pena que mataram tão poucos bandidos. Caramba! Onde anda nossa tolerância com a bandidagem!
Princípio
Eu sou contra pena de morte por princípio e princípio é algo dificílimo de debater. A pessoa manifesta um posicionamento e diz: Isso é um princípio meu! Quem ousa questionar a raiz? No máximo se reclama do fruto! É o meu caso, não adianta me apresentar mil argumentos sobre a validade da pena de morte que eu concordo com todos e no final eu digo: Mas por princípio sou contra a pena de morte. Sou contra a pena de morte, mas estou altamente insatisfeito com essa tolerância exacerbada. Afinal, excesso de tolerância vira vício de caráter. É conivência.
A pergunta que não quer calar
Dia desses encontrei um amigo em Balneário Camboriú e ele me disse que é leitor assíduo de minhas colunas. Disse-me também que vai lendo já com a expectativa de aparecer à pergunta clássica: Porque estou dizendo isso agora? Essa pergunta me auxilia a sustentar a tese inicial e me auxilia também na construção da ponte para emitir uma opinião sobre o assunto que sempre começo a alinhavar sobre um tema do dia a dia.
Pena de morte
O meu princípio é um princípio quase universal para nós brasileiros. A grande maioria é contra a pena de morte. Então como se explica essa declaração dos rapazes em Brasília? É que estamos todos cansados de impunidade, de ver marginais tirando uma de executivo do crime. Dando ordens e querendo fidelidade dos soldados usando leis cruéis e sumárias. Hoje colocamos grades em nossas janelas e portas, transformamos nossas casas como se fossem jaulas gigantes, enquanto os bandidos andam livremente pelas ruas ou administrando o crime de dentro das prisões como se estivessem em salas de um hotel. Afinal qual o futuro de uma nação que não consegue manter presos os bandidos dentro das cadeias? Eu sempre que posso, falo com os Deputados que tenho relacionamento para colocarem leis mais rígidas, sempre mando E-mails para o congresso e eles sabem de minha insatisfação sobre assuntos como esse.
Segurança

Quando falamos de Segurança, falamos de presente, quando falamos de Educação, falamos de futuro, quando falamos de Saúde , falamos de bem estar. Hoje queremos muito um presente melhor e queremos a liberdade de andar na rua sem sermos assaltados.
E você
Como vem manifestando a sua insatisfação com os políticos que você votou?

Sílvio Santos vem aí

Tenho um amigo, o Claudio Bolonhesi, de São José do Rio Preto – SP que tem o belo hábito de me enviar uma frase semanal, que ele batizou de frase da semana. É uma reflexão. Refletir é a ciência de reoxigenar o cérebro. Além de filosofia, ele também me envia frases de humor que ninguém é de ferro. Somos sérios sem ser ranzinzas e alegres sem ser bobos.
A frase dessa semana foi:
“O mundo está de ponta cabeça: Lula assinou a Lei Seca e a Reforma Ortográfica; Faustão está magro; Silvio Santos está quebrado; Tiririca está alfabetizado e o Richardson chamou o juiz de viado!” Nem preciso dizer que ele é Corinthiano e me enviou porque no Campeonato Paulista de futebol, devido a influencia dos meus três filhos, torço pro São Paulo. E também porque o Richardson joga bola pra caramba. E eu é claro, sou Gremista e com o Grêmio até a pé nós iremos, onde o Grêmio estiver.
Porque estou falando isso agora?
Eu sei que esta minha pergunta é clássica, partindo da premissa que é clássico tudo aquilo que resiste ao tempo. Porque a atitude do Sílvio Santos nesse episódio do Banco Pan-americano foi para mim o maior exemplo desse tempo que começa a se firmar no novo capitalismo brasileiro. Em outras épocas era comum o empresário fazer uma “rabiada” e tirar os bens do nome, deixar a empresa explodir e conservar o patrimônio. É! O Claudinho tem razão, o nosso mundo brasileiro está mudando.
Sílvio santos
Conversei com o Maurício Abravanel, que é sobrinho do Sílvio Santos, superintendente regional do SBT no interior de SP e meu amigo, perguntei a ele qual foi o impacto interno da decisão? Disse-me ele: Jamil nos unimos mais, pois o nosso líder mostrou o que é gestão por credibilidade. Na vida do Sílvio tudo é grandioso, para ele ficar bilionário uma vez só na vida era pouco, ele precisava perder tudo e recuperar tudo de novo. Isso se chama termostato mental.
Mente milionária
A mente do Sílvio não pensa em milhares, pensa em milhões, o seu termostato mental é nessa casa dos milhões. É outro RPM mental (Rotação por minuto). Maurício me disse que o Sílvio colocou na TV um aviso a todos, ou seja, não se esconde dos problemas. lembrando aquele momento memorável de Vasco da Gama em uma tempestade no cabo das tormentas, em que o barco parecia que iria a deriva, os marujos todos começaram a chegar ao seu redor, o olhando com desespero e ele olhou para o mar revolto e bradou : “Vejam marujos, o mar treme quando nós passamos” !
Reação interna
Internamente ninguém o viu abatido. Líder chora pra cima e sorri para baixo. O mercado, mesmo um pouco receoso, continuou investindo e que o Banco em pouco mais de um ano recupera o valor de mercado. E que esse papo de que o Lulinha iria comprar o SBT é puro boato da central de boatos para incendiar o mercado. É o tal do apagar fogo jogando gasolina, criar crise para comprar uma bela fatia a preço de liquidação. Como dizia o filósofo da ilha, o Miguel Livramento: “O lambari é pescado e o jogo é jogado”. Ou seja, quem quiser nadar entre tubarões tem que saber como eles se comportam.
E você?
Assusta-se com as mudanças ou se vida te dá um limão você faz uma limonada?

Você diz que dá na BOLA, na BOLA você não dá !

O interior de São Paulo propicia, entre tantas, duas coisas muito intensas : o universo do futebol e da música caipira.
Na musica tem se impressão que se está no velho oeste americano, vive se o cavalo , a viola e a comida sertaneja. Segundo um levantamento feito pela EPTV – repetidora da Globo daqui – existe em torno de 4 mil cavalos só na cidade de Ribeirão Preto. Isso é quase a população de uma pequena cidade do interior de SC. Movimenta muito dinheiro entre lojas, programas de TV e insumos para o ramo.
….”Gosto de gente do interior, do jeito que essa gente diz que sente amor . Dizem que amor é pra sempre e pra nunca mais, pois não se esquece do que não se desfaz”….. Assim dizia a velha canção do sul de Minas.
A coisa mais importante do mundo
Entre as coisas menos importantes do mundo, o futebol é a coisa mais importante do mundo. É o maior fenômeno social do planeta. Quem ignora isso é um inexperiente. Eu era um torcedor do Grêmio morno, por assim dizer . Quando vim morar aqui , me apaixonei pelo futebol, hoje sou muito mais torcedor do que era antes. Descobri que no futebol, os adultos voltam a serem crianças. O ambiente molda o caráter . Bola, bola, bola, você diz que dá na bola, na bola você não dá, já dizia a quadrinha popular .
Ronaldo fenômeno
Eu assisti na TV na quarta feira à noite, 04 / 03/ 2009 a estréia do Ronaldo o fenômeno em Goiás. Mandei E-mail para todos os meus amigos Corintianos secando a estréia- dever de ofício – secar o outro time. Já chamei o Ronaldo de Bola – dizem que xingamos quem a gente quer ser igual – Quem desdenha quer comprar – bem que ele poderia jogar no Grêmio. Imagina quantos gols ele iria fazer no Colorado ???!!!!!!!!
Vi no outro dia que a Globo bateu Recorde de audiência na estréia do Ronaldo. Será que é um bom negócio investir na imagem dele ??????
Porque voltar a jogar ?
O Ronaldo , se ele re encanar umas 5 vezes nessa terra – claro, partindo da premissa improvável que isso existisse – e viver como milionário todas as vezes que vier aqui, ainda assim não conseguirá gastar toda a fortuna que ele já acumulou até agora , tamanha é a fortuna que o homem tem. Então, o que faz este rapaz insistir em continuar na profissão mesmo depois de tantos revezes ? Talvez você pense : Porque ele é brasileiro e não desiste nunca. Se esse for seu pensamento eu vou ficar muito feliz . A verdade é que ele precisa ter um motivo para viver e porque viver .
É uma prova cabal de que só o dinheiro é muito árido . Claro, e por favor, nada de ingenuidades, ser bem sucedido é tudo de bom . Mas somente o dinheiro, fica sem sentido. Sozinho, até encima de uma montanha de ouro fica monótono. Existem pesquisas que mostram que viver em comunidade ajuda na longevidade do ser humano e diminui doenças do coração.
Ronaldo precisa do grito da torcida como combustível de motivação . Tanto que no gol contra o Palmeiras ele derrubou a alambrado de tanto que pulava e balançava a cerca na torcida Corintiana . Voltou o instinto de vida. A adrenalina do berro é um êxtase fenomenal. A paixão por viver !
E você ?
Nas minhas palestras vez por outra pergunto : Se você acertasse na loteria, você continuaria no mesmo ramo de negócio que está hoje ? Se a resposta for sim , você está no caminho certo e uma bela manhã vai acordar e estará entre os bem sucedidos de sua geração. Se a resposta for não, você está no caminho errado, corrija a rota . Casa dividida não prospera . O seu tesouro está onde está o seu coração ensina a Bíblia Sagrada . Te vejo no topo !

VENCER E VIVER

VENCER E VIVER

”Há um tempo para plantar e um tempo para colher, já ensinava o Rei Salomão, em seu livro do Mestre, O Eclesiastes na Bíblia Sagrada. Aldous Huxley escreveu o livro As Portas da Percepção. Porque estou começando citando dois pensadores tão distintos? Porque existe um tempo na vida pra se vencer e um tempo para se viver. E há um tem para se perceber as coisas acontecerem também. Tenho um amigo no interior de São Paulo, o Aldo Buzzolini, foi agente do escritor Augusto Cury no começo da carreira. O Aldo se aposentou. Está tão feliz que parece um “guri de 20 anos de tão faceiro”. Agora faço o que quero e quando quero. O tempo de viver. Não estou defendendo que deve se esperar até se aposentar para começar a viver. Viver primeiro o negócio depois o ócio.
Oportunidades
Vencer na vida impõe a existência de oportunidades. Oportunidades é uma palavra derivada de porta, porto, oportunidade quer dizer saída. Oportunidade é uma saída para a situação que a pessoa se encontra. Pessoas maduras percebem as oportunidades, pessoas com maturidade e iniciativa, quando não existem oportunidades criam – nas quando elas não existem.
Cidades
Uma boa cidade é aquela que oferece oportunidades. Que cria condições para o empreendedorismo. Estas cidades são boas para aqueles que querem vencer na vida. Como foi São Paulo durante décadas e ainda é, mas em escala um pouco menor, embora seja um celeiro de oportunidades.

Outras cidades
Existem cidades que são feitas para viver. É aquela que se preocupa com qualidade de vida. Depois de vencer, viver. Depois da batalha a fruição do que poupou. Recentemente conversei com um amigo que comunicava que sua família iria morar em Balneário Camboriú. Queremos qualidade de vida, dizia ele, papai se aposentou e vamos reduzir o trabalho em quase nada na família. É o tempo de usufruir.
Balneário Camboriú

Não quer dizer que as cidades precisem ser separadas assim tão herméticas. É perfeitamente possível uma cidade ser ao mesmo tempo boa para se vencer na vida e boa para se viver a vida. Nossa região tem essa característica. Temos a praia. Aliás, temos muitas praias. E temos as cidades produtivas da região muito próxima. É o cardápio ideal para ambos os gostos.

E você?
Como vem planejando sua vida para no futuro viver depois de vencer? Na época para se vencer requer estratégias e planejamento para depois vir o desfrutar.

”Há um tempo para plantar e um tempo para colher, já ensinava o Rei Salomão, em seu livro do Mestre, O Eclesiastes na Bíblia Sagrada. Aldous Huxley escreveu o livro As Portas da Percepção. Porque estou começando citando dois pensadores tão distintos? Porque existe um tempo na vida pra se vencer e um tempo para se viver. E há um tem para se perceber as coisas acontecerem também. Tenho um amigo no interior de São Paulo, o Aldo Buzzolini, foi agente do escritor Augusto Cury no começo da carreira. O Aldo se aposentou. Está tão feliz que parece um “guri de 20 anos de tão faceiro”. Agora faço o que quero e quando quero. O tempo de viver. Não estou defendendo que deve se esperar até se aposentar para começar a viver. Viver primeiro o negócio depois o ócio.
Oportunidades
Vencer na vida impõe a existência de oportunidades. Oportunidades é uma palavra derivada de porta, porto, oportunidade quer dizer saída. Oportunidade é uma saída para a situação que a pessoa se encontra. Pessoas maduras percebem as oportunidades, pessoas com maturidade e iniciativa, quando não existem oportunidades criam – nas quando elas não existem.
Cidades
Uma boa cidade é aquela que oferece oportunidades. Que cria condições para o empreendedorismo. Estas cidades são boas para aqueles que querem vencer na vida. Como foi São Paulo durante décadas e ainda é, mas em escala um pouco menor, embora seja um celeiro de oportunidades.

Outras cidades
Existem cidades que são feitas para viver. É aquela que se preocupa com qualidade de vida. Depois de vencer, viver. Depois da batalha a fruição do que poupou. Recentemente conversei com um amigo que comunicava que sua família iria morar em Balneário Camboriú. Queremos qualidade de vida, dizia ele, papai se aposentou e vamos reduzir o trabalho em quase nada na família. É o tempo de usufruir.
Balneário Camboriú

Não quer dizer que as cidades precisem ser separadas assim tão herméticas. É perfeitamente possível uma cidade ser ao mesmo tempo boa para se vencer na vida e boa para se viver a vida. Nossa região tem essa característica. Temos a praia. Aliás, temos muitas praias. E temos as cidades produtivas da região muito próxima. É o cardápio ideal para ambos os gostos.

E você?
Como vem planejando sua vida para no futuro viver depois de vencer? Na época para se vencer requer estratégias e planejamento para depois vir o desfrutar.

URBE, CITATI E PÓLIS

A URBE é o território , CITATI é o cidadão e a PÓLIS é o político. A Urbe para tornar se cidade precisa do cidadão. O cidadão para se organizar no território, precisa do político. Política é a reunião de todas as ciências . A política partidária , que é uma maneira de se praticar a política, nem sempre é tão nobre quanto a sua origem. Mais por despreparo dos líderes públicos do que qualquer outra coisa.

Preparação
Um advogado se prepara para ser advogado, um médico idem como tantos profissionais. Então porque os políticos não se preparam para a envergadura que o cargo exige ? Porque tem se a impressão que basta a escola da vida como preparação . Ocorre que a escola da vida, bem ou mal, todos tem. E a maturidade não vem com a idade, nem com o somatório das experiências. Nem com as dificuldades. Se fosse assim, os pobres seriam pessoas maduras e lúcidas, pois a pobreza é um desenrolar de dores e dificuldades. A maturidade vem das lições que tiramos de nossas experiências. Quando lançamos luzes sobre aquilo que vivemos. Lucidez quer dizer luz interior.

Líderes
Líderes costumam aparecer quando surgem desafios. O que se percebe é que tempos extraordinários produzem líderes extraordinários . Tempos medíocres produzem líderes medíocres. A grande depressão dos anos 30 nos EUA, produziu o líder que encaminhou o país ao famoso new deal e a vitória da segunda guerra mundial , que foi Roosevelt, um dos mais importantes do país. Nem sempre urna é útero que dá luz à líderes. Voto não é matéria prima da liderança, ele apenas legítima. Líderes locais precisam ter a pretensão de vôo de águia, que queiram voar alto. Pois assim prestam mais atenção no que fazem no presente para preservar o futuro. A cidade ganha com líderes audaciosos.
A cidade perde com líderes medíocres.
O eleitor
O eleitor vota com a opinião pública – 84% de aprovação para o presidente Lula – e muito pouco com a opinião nacional – 16 % restante. Como diz o professor Gilberto Garbi, 84 % votam com o estômago , mesmo os que têm condições econômicas, têm alma de pedinte, vocação de mendigo . Ou tiram proveito disso. Mas há os que votam com o sexo. Quando da campanha para prefeito de São Paulo, um professor universitário saiu se com esta : “Entre Martha Suplicy e Luiza Erundina voto na Martha que é um mulherão! Chegou a convencer alguns que ouviam a declaração de voto. Como dizia o Hélio da Dekorvale, “melhor ouvir isso que ser surdo”. Como diz um provérbio Espanhol : “As coisas não são como começam, mas sim como terminam”.
Enchentes
A natureza não se defende, apenas se vinga. Diz se que enchente é o protesto do rio contra o fato de ocuparem o seu leito original quando ele fica grande.
Nós não temos catástrofes , mas temos enchentes.
Os líderes atuais no país todo , precisam prestar atenção nesse item ou terão muitos dissabores no futuro. Ou melhor, teremos !
E você ?
Como vens pensando a tua carreira, a tua liderança e o teu futuro ? Vem agindo como águia ou como galinha ? É bom pensar nisso, afinal o futuro é onde passaremos o resto de nossas vidas.

Quero ver Irene dar sua risada

Sempre que leio a coluna do Bola Teixeira, gosto de tudo , mas se ele deixa de colocar uma piada eu mando um e-mail para ele reclamando. Gosto de bom humor. Dia desses
Minha filha de 7 anos , a Jamiê, chegou em casa do supermercado e falou, Papai, a mamãe comprou uma revista de piadas para o senhor , ela disse que o Sr, adora piadas……risos….eu adoro rir respondi com um abraço e um beijo naquela bochecha linda.
Humor
Na Grécia antiga, quando os médicos começaram a estudar o corpo humano, eles perceberam que quando uma pessoa morria e eles tinham a oportunidade de abrir para estudar, percebiam que os órgãos que tinham “bons húmus”, estavam com boa saúde e os que estavam com “maus húmus” , estavam doentes ou mortos. Quando morria uma pessoa de acidentes e eles conseguiam abrir, percebiam que todos os órgãos estavam com “bons húmus”, ou seja, se não houvesse o acidente o corpo estava vivo. A partir de então, boa saúde passou a ser sinônimo de “bons húmus”. Daí para bom humor foi natural. Bom humor é sinônimo de boa saúde mental . É um ingrediente fundamental nas relações humanas .
Piadas
Histórias contadas como paródia, muitas delas reais, arrancam risadas até de mudos. O humor liberta a criança interior de cada um de nós, tornando-nos mais criativos, ajudando nos no raciocínio , na comunicação, além de aliviar as tensões do dia a dia e claro, divertir ! Uma boa risada é uma delícia que todos temos direito.

Rir é o melhor remédio

Alguns efeitos do riso sobre o organismo.
O hormônio do estresse, que é produzido pelas glândulas suprarenais é reduzido.
- Com o riso, suas lágrimas passam a ter mais imunoglobulinas, um anticorpo que é a sua primeira linha de defesa contra algumas infecções oculares provocadas por vírus e bactérias.
- Sua boca também passa a ter mais imunoglobunina, resultando em uma melhor função imunológica.
- O riso acelera a recuperação de convalescentes e é eficaz no combate a dor.
- O poder do riso, de ativar a produção de endorfinas, é tão eficiente quanto à acupuntura, o relaxamento, a meditação, os exercícios físicos e a hipnose.
- O nível de cortisol aumenta de forma nociva durante o estresse, diminuindo significativamente com o riso.
- A pressão sanguínea aumenta durante o riso e cai abaixo dos níveis de repouso depois.
- Há uma redução da tensão muscular depois do riso. Um dos principais fatores que contribui para as doenças ocupacionais, como a DORT – Distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho .
Uma boa risada desobstrui as veias . As mentes mais lúcidas que eu conheço são pessoas bem humoradas .

E você ?

Como está a sua capacidade de ser bem humorado. Isso se constrói .

Quer fazer um BRIC ?

No jargão gauchesco “bric” é negociar. Fazer um brique quer dizer fazer um negócio. Em inglês bric quer dizer bloco. Ou tijolo, em algumas traduções. Para o Banco Mundial , que estuda o movimento econômico do mundo, BRIC é a denominação do bloco de países que irá ditar a nova força econômica do mundo no século 21 . BRIC de Brasil, Rússia ,Índia e China .
Índia
Eu fiz um seminário de liderança em Manaus para uma empresa chamada RAMSONS,
(Filhos de RAM) de proprietários Indianos. Uma rede de 27 lojas na cidade e uma grande distribuidora para o interior do Amazonas. Esse contato com empresários de lá , claro , me aguçou a curiosidade sobre este país tão misterioso e pujante, com um bilhão cento e trinta milhões de habitantes. Enquanto conversávamos sobre a índia, uma curiosidade veio me mente, qual o tamanho do território da índia ? E para minha surpresa a índia é menor que o norte do Brasil . Isso mesmo que você leu, a Índia inteira tem 3.287,782 Km 2 . Só o Estado do Amazonas tem 1.580.000Km 2. A Índia ‘3 pouco mais que 2 Amazonas. Com 6 vezes mais gente que o Brasil , tem três vezes menos território.
Trânsito
Não por acaso o trânsito de lá é aquele caos, as ruas são um “formigueiro” humano. A analogia é para ilustrar apenas , sem preconceito. Disse-me Rishi – o empresário –indiano – que o conceito de pobreza de lá é diferente do conceito daqui. Embora me confessou ele que a “ocidentalização” da Índia tem promovido o desenvolvimento, mas como todo bônus . Eles têm 400 milhões do que aqui nós catalogamos como miseráveis. Nós temos 15 milhões e já nos preocupam acima da média. Investir em um país assim não é fácil.
Rússia
A Rússia é uma máfia que tem um território para atuar. Respeito a acordos só existem se forem os deles. As regras mudam de acordo com o funcionamento do fígado dos dirigentes. Como colocar seus projetos em uma terra onde as coisas são um dia de cada forma. Eles vão levar 50 anos para ter procedimentos respeitáveis.
China

É um país com sérios problemas sociais. Eles têm mais de mais de 200 conflitos sociais por ano. Nós temos 2 ou 3 dos “emessetês” da vida já estamos “Porrrr aqui” !!!!!! Como se diz na gíria . Eles têm mais de 100 desastres ecológicos por ano. Na última década mais de 400 milhões de Chineses saíram da roça para morar nas cidades. Ou seja, mais de 2 vezes a população do Brasil em 10 anos foram morar nas cidades. Os chineses têm problemas sérios de água para agricultura e de produção de alimentos.

Brasil

É a pérola desse século. Nós estamos com 30 % de nossa área agrícola aberta, podemos triplicar , sem invadir a floresta amazônica. Temos água, temos terra e temos sol. Temos a base industrial sólida e inovadora, temos comércio consolidado. Não temos desertos, não temos terremotos, não temos furacões nem maremotos.
Pontos fracos
Como pontos fracos temos 3 que precisam serem trabalhados urgentemente. 1 – Temos falta de Estadistas – No Brasil ser político é um demérito e isso fragiliza a liderança que conduz a máquina governamental. 2 – Falta estratégia – Temos dificuldade de definir o que queremos ser como país. 3- e nosso capital intelectual precisa melhorar e começar a se constituir de nível mundial.
Mostra tua cara
Como você está se preparando para esse novo país que está nascendo e você estará inserido nele ?

Por que nós não temos Prêmio Nobel?

Fui ver uma palestra em Santos na semana passada de um grande brasileiro muito conhecido chamado Ozires Silva, um dos fundadores da EMBRAER, Ministro, ícone brasileiro do empreendedorismo, Membro da academia Sueca de engenharia, que é uma das entidades que votam no prêmio Nobel. Ozires perguntou a um colega da academia porque o Brasil não tem prêmio Nobel, já que Chile, Colômbia, Argentina, Uruguai, entre tantos países tem. A resposta, um pouco constrangida, foi que os brasileiros matam seus heróis.

Porque nós matamos nossos heróis?

Sempre que alguém começa a se destacar, apresentar novas idéias aparece uma “calça furada”, pra contestar, conspirar e tentar derrubar. Esse complexo de “siri na lata”, mania de puxar pra baixo quem está subindo. Santo Dumont foi a Paris fazer seu 14 Bis voar por quê? Porque já naquela época era assim, valorizava se mais o que era de fora do que era nativo. Nós tínhamos tanto o hábito de valorizar o exterior que até carros Lada importado da Rússia nós compramos.
O que você pode fazer para mudar isso

Lembrem se, os críticos são expectadores, não participantes. Geralmente são pessoas desanimadas que não conseguiram um objetivo desejado. A crítica é o gargarejo mortal de um não realizador. Constroem suas vidas tentando destruir os outros. Nunca um monumento foi erigido a um crítico. Não me entenda mal, o debate é uma arena maravilhosa. O conflito me faz liberar energia, mas existe um lugar certo para apresentar os fatos.

Acredite no Brasil
Teremos Copa em 2014, Olimpíadas em 2016. O futuro é brasileiro. Mas precisamos mudar a nossa mente. Precisamos construir heróis, gostar de ver pessoas bem sucedidas. Antonio Carlos Pimentel, o Pimenta, certa vez me falou algo na prefeitura que me marcou. “O bonito é suportar o sucesso do próximo quando ele é próximo”. Sábias palavras.
Vença

Vencedores são simplesmente ex – perdedores que ficaram irados com a derrota cansaram do fracasso. O dia que você ficar zangado com seus fracassos é o dia que você começa a vencer, porque vencer não é algo que começa fora de você, é algo que começa na sua mente.
E você?
Quantas pessoas estão precisando do seu elogio e do seu apoio? . Apóie

Página 2 de 8«12345»...Última »

Desenvolvimento de sites | desenvolvimento de sites | www.signativa.com.br